Skip navigation

Trecho do “Caderno de Planejamento e Estratégia” da Escola de Ativismo.

O que é?

É uma “fórmula” para escrever objetivos de curto e médio prazo atendendo a 5 critérios básicos, que nos ajudam a ser mais precisos e também a avaliar nosso progresso ao longo do tempo.

Pra que serve?

Muitas vezes, nossos objetivos são muito grandes para serem enfrentados de uma única vez. Por isso, é importante dividi-lo em vários pedaços menores, de acordo com o tempo que acreditamos ser necessário para alcançá-lo. Objetivos que perpassam várias gerações podem ser chamados de VISÃO (ex. a paz mundial ou o fim da opressão de gênero ou cidades mais humanas). Dentro dessa visão, é importante definir objetivos de longo prazo e de curto prazo, que funcionam como etapas que precisamos ir cumprindo pra chegar mais perto da nossa visão. É importante definir objetivos de longo e de curto prazo que funcionem como etapas a serem cumpridas, de modo a chegar mais perto dessa visão. É uma ferramenta que até pode ser usada para outros níveis de objetivo, mas que funciona muito melhor para os objetivos de curto prazo.

Como fazer?

O primeiro passo pra escrever um objetivo SMART é rascunhar um objetivo da melhor maneira possível a partir da identificação de PROBLEMA, / VISÃO e MUDANÇA que você já fez. Com base nesse objetivo rascunhado, você vai fazer a análise de poder, usando as ferramentas PASTEL, FOFA e MAPA DE ATORES, já descritas nas páginas anteriores. Depois disso, você terá elementos suficientes pra reescrever seu objetivo seguindo os seguintes critérios:

Exemplos de objetivos:
√ SMART ,  X Não-SMART

√ – Impedir a aprovação de 3 variedades de milho transgênico na CTNBio até dezembro/2016.
X – Impedir a aprovação do milho transgênico no Brasil.
√ – Reduzir em em 50% os acidentes de trânsito na cidade de Recife até 2020, com base em 2015.
√ – Ter 20 jovens “especialistas” em radio comunitária em Altamira até 2016.
√ – Criar uma RESERVA Extrativista em 3 anos na região de Serra Talhada, Pernambuco.
X – Fazer um seminário para debater sobre os problemas na região.
√ – Assentar 150 famílias na Gleba Pacoval em Santarém, Pará, até 2017.
X – Expor para a sociedade os problemas de moradia.
X – Conscientizar a população de Cuiabá sobre os riscos dos agrotóxicos para a saúde humana de trabalhadores rurais e consumidores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *