Skip navigation

Category Archives: eventos

Quinta-feira, dia 24, às 19h30 no tarrafa teremos a
Oficina Prática turboCrypto: gpg + otr!

Serão duas horas sobre o melhor da criptografia, jamais superada pela humanidade e além-mundos. Veremos primeiramente como funciona a criptografia assimétrica, para logo em seguida instalar um cliente de email e a extensão Enigmail, que lida com o protocolo GPG [1]. Descobriremos onde está nossa chave privada (ela deve ser protegida e é de nossa e somente nossa responsabilidade cuidar dela) e como gerenciar as chaves públicas de nossos pares. Na sequência, entraremos no protocolo de bate-papo XMPP e aprenderemos a usar a camada de criptografia OTR (off-the-record) [2], que serviu de base para o Signal Protocol, hoje rodado por mais de 1 bilhão de pessoas pelo mundo afora. Ambas criptografia, GPG e OTR, são protocolos de código aberto e federados, ou seja, desde a primeira linha de código eles promovem a comunicação entre diferentes servidores (descentralização) além da própria liberdade na internet.

[1] https://gnupg.org/
[2] https://otr.cypherpunks.ca/

Atualmente a tecnologia permeia nossas vidas: temos smartphones em nossos bolsos, smartTVs em nossas salas, câmeras de vigilância por toda a cidade, reconhecimento facial no transporte público, e redes sociais para nos conectar a isso tudo. Mais do que isso, a tecnologia media boa parte das nossas interações: nossas amizades, nossas conversas, nossos eventos, nosso consumo e até mesmo nosso ativismo.

Todos os nossos dados estão expostos e sendo filtrados por métodos de vigilância de arrasto. Quando nos engajamos na luta para promover uma mudança social, nossos dados estão ainda mais em risco. É imprescindivel que tenhamos noções básicas de autodefesa digital e retomemos o poder de escolher o que queremos compartilhar e com quem.

Os coletivos Coisa Preta e mar1sc0tron promovem uma Oficina de Segurança Digital para Ativistas na Infoshop A Gata Preta, no sábado, 15 de julho, em Belo Horizonte. Vamos falar um pouco sobre a estrutura básica da comunicação pela internet, cultura de segurança, segurança da informação e ferramentas de autodefesa digital.

A Gata Preta fica no Edificio Maletta, na Rua da Bahia, 1148 sobreloja 35, Centro – Belo Horizonte.
A oficina inicia às 16h.
Traga seu computador e celular para instalarmos algumas das ferramentas que vamos estar apresentando.
A atividade é gratuita, mas haverá uma caixinha de colaborações espontâneas para cobrirmos os custos do evento.

Habemus programação!! Ou a versão um-ponto-zero!

Embora algumas pessoas ainda não tenham confirmado a participação nos horários definidos pela organização, a versão 1.0 da programação da CryptoRave 2017 está pronta! Esse ano recebemos mais de 140 inscrições de atividades. Foram aprovadas 107, das quais há 31 atividades propostas por mulheres!

Você pode checar as propostas já aprovadas e confirmadas aqui:

https://cpa.cryptorave.org/pt-BR/CR2017/public/events

E no site: https://cryptorave.org/

ATENÇÃO: Esta não é a programação final da CryptoRave 2017! Ela ainda está sujeita a alterações e aguardando mais confirmações.

Locais do evento!

Atenção! Diferente dos últimos anos, a festança acontecerá na noite de sábado e não de sexta.

A Crypto acontece dia 05 e 06 de maio na Casa do Povo:

Rua Três Rios, 252 – Bom Retiro, São Paulo – SP, 01123-000
Fica pertinho da estação do Metrô Tiradentes – linha azul
Aqui ó: http://www.openstreetmap.org/search?query=Rua%20tr%C3%AAs%20rios%2C%20252#map=19/-23.52909/-46.63658&layers=N

A Rave da CryptoRave acontecerá na noite de sábado, dia 06 de maio às 20h, no Al Janiah e contará com performances, DJs e bandas, em breve disponível no site!

Al Janiah
Rua Rui Barbosa, 269 – Bela Vista – São Paulo
(esquina com a Conselheiro Carrão)
http://www.openstreetmap.org/way/425925638#map=19/-23.55789/-46.64546&layers=N

Você pode ir de Metrô de um lugar para o outro, basta pegar a linha azul do Metrô na estação Tiradentes, descer na Estação São Joaquim e andar mais 16 minutos até o Al Janiah.

Outra opção é andar até a frente da estação da Luz (que fica a 5min da Casa do Povo) e pegar o ônibus 5154-10 – Terminal Santo Amaro, descer na Rua Brigadeiro Luiz Antônio e andar 5min até o Al Janiah.

Aqui há um mapa da rede de metrô de São Paulo: http://www.metro.sp.gov.br/pdf/mapa-da-rede-metro.pdf

Outros serviços

Feira de comida 24 horas
—————————

Embora este ano a CryptoRave aconteça em um bairro conhecido pela variedade de excelentes restaurantes, nós teremos uma feirinha de comidas rápidas para quem não quiser perder nenhuma atividade.

Não haverá pausa para o almoço! Por isso, prepare-se, leve seu lanchinho de casa ou se delicie com as opções de comida disponíveis em nossa feira de comidas.

Feira do rolo
————–

Achado não é roubado! Sabe aquele adaptador wifi que você comprou achando que seria super útil e nunca usou? Ou aqueles pentes de memória que sobraram do computador antigo? Ou celular smartphone obsoleto? Ou ainda o arduino que você nunca tirou da caixinha?

Este ano a CryptoRave terá uma feira do rolo de usados em boas condições ou no estado! Não vale trazer aquele servidor 1U de 10 anos atrás que é um atentado a natureza (vale sim). Além de equipos, vale trazer livros, cabos, adaptadores, enfim!

A feira do rolo será realizada no sábado, na laje da Casa do Povo.

CryptoRave

A campanha financeira da CryptoRave 2017 está na reta final. Só há mais 4 dias para você colaborar com a realização da 4ª edição do maior evento aberto de segurança e privacidade do Brasil.

Após esse período não será possível fazer doação pelo Catarse, a plataforma de crowdfunding que estamos utilizando para receber as doações.

Como é uma campanha de financiamento TUDO OU NADA, a CryptoRave 2017 depende que seja captado 100% do valor da meta para poder acontecer.

SE A META NÃO FOR ATINGIDA, A CRYPTORAVE 2017 NÃO SERÁ REALIZADA. (!!!)

https://www.catarse.me/cryptorave2017

Neste momento, a campanha já chegou em 76% do valor total. Precisamos levantar cerca de 24%, isto é, R$ 14 mil reais em 4 dias.

Sim, temos apenas 4 dias para financiar a CryptoRave2017!
Sentiu uma leve dor no peito?
A boca ficou seca?
O gastrite atacou?

Junte-se ao clube d@s cripto-desesperad@s!! :O

Nesta reta final precisamos mais que o seu apoio!

Além de fazer a sua própria doação, a estratégia é atingir mais doadores.

Precisamos de MUITOS DOADORES FAZENDO PEQUENAS DOAÇÕES.

Lembra aquela sua amiga que super curte Black Mirror?

Ou que a-d-o-r-a  West World?

Ou que acompanha todos os novos episódios — como é mesmo o nome? — dos vazamentos do WikiLeaks?

Que tal pedir uma pequena doação para a CryptoRave 2017 e convidá-l@s para o evento?

Se você não se lembra ou não sabe o que rolou ano passado, aqui está a grade da programação de 2016:

https://we.riseup.net/cryptorave/programacaocr2016

Foram mais de 50 atividades em 24 horas. Esse ano há mais de 130 atividades inscritas e estamos tendo um trabalhão para organizá-las.

Enfim, você tem até o dia 14/04/2017 às 23h59m59s para convencê-l@s a fazer uma pequena doação.

O endereço da campanha para você divulgar e doar é esse:

https://www.catarse.me/cryptorave2017

Ou pelo site:

https://cryptorave.org

CryptoRave

Esse é o 4 boletim da CryptoRave 2017:

– Novidades da Campanha Financeira
– NOVAS RECOMPENSAS
– Keynote confirmada
– Chamado Para Atividades: faltam 11 dias

Novidades da Campanha Financeira

É TUDO OU NADA! Faltam 25 dias para terminar a campanha de financiamento da CryptoRave 2017.
Já arrecadamos 27%. E precisamos muito da sua ajuda!

Como você sabe, a nossa campanha é TUDO OU NADA!, ou seja, se não arrecadarmos 100% da meta, não tem CryptoRave!

Hora de abrir a carteira e fazer uma doação.

Acesse o nosso catarse:

https://www.catarse.me/pt/cryptorave2017

A CR é toda voluntária: nós não recebemos nada para organizar a CryptoRave. \m/

A CryptoRave leva a sério a ideia que a informação quer ser livre. Nós não cobramos a sua entrada e nem de ninguém para assistir e participar do evento.

NOVAS RECOMPENSAS

ver no site

Keynote confirmada

Temos a primeira confirmação de Keynote sobre o estado da arte dos sistemas operacionais seguros.

-> Intrigeri, é desenvolver do Tails, sistema operacional livre usado pelo Snowden.

Intrigeri apoia a mudança social libertária através do desenvolvimento e manutenção de softwares para computadores e infraestrutura.

Em 2008 começou a desenvolver o Tails: um sistema operacional que pode ser usado por meio de um USB ou DVD em quase qualquer computador e busca ser mais amigável para pessoas menos envolvidas com tecnologia. O Tails fornece uma plataforma para resolver muitas ameaças digitais ao “fazer a coisa certa” por padrão, desta forma foi o sistema operacional que contribuiu para que as revelações de Snowden fossem possíveis.

Em 2012, intrigeri se tornou membro do projeto Debian, que desenvolve o sistema operacional livre no qual o Tails é baseado. Além da manutenção dos pacotes de software, também está envolvido nos esforços do projeto Debian como a compilação determinística (reproducible builds) e a criação de proteção para aplicações com o AppArmor.

Hoje ele gasta menos tempo trabalhando com desenvolvimento e mais na organização de comunidades em torno dessas ferramentas. Também começou a trabalhar com experiência do usuário e design e busca melhorar a qualidade da colaboração de desenvolvedores e designers.

Intrigeri adora pedalar e cuidar de suas rosas.

ps: Sim, já convidamos o Snowden para a CryptoRave 2017. Mas a fila para falar com ele é longa. Muito longa.

Chamado Para Atividades: faltam 11 dias

Faltam apenas **11 dias** para encerrar o Chamado Para Atividades (CPA) para a CryptoRave 2017.

O CPA é o nosso “Call for papers”, mas como sabemos que na CR há mais atividades do que simples palestras, nós adotamos esse nome.

As propostas poderão ser submetidas até o dia 31 de março. Após essa data, só ano que vem!

Para inscrever sua proposta, leia nosso chamado e crie uma conta no site abaixo:

https://cpa.cryptorave.org/pt-BR/CR2017/call_for_participation

Importante: Todas as propostas serão avaliadas e o resultado será publicado em Abril.

Caso tenha dúvidas escreva para: contato@cryptorave.org

Privacidade para as pessoas comuns, transparência para os poderosos!

CryptoRave 2017

5 e 6 de maio 2017 em São Paulo

CryptoRave 2017 Contamos com você!


tl;dr: https://www.catarse.me/pt/cryptorave2017

Ano passado vocês ajudaram a realizar o maior evento de criptografia do mundo! Foram 24 horas de debates sobre o tema, incluindo oficinas de criptografia, rodas de conversa, jogo de cartas, install fest, arte eletrônica e festa de verdade o// Teve até Caputure the Flag. A grande participação nas atividades e as várias mensagens e comentários agradecendo o evento nos motivam a fazer quarta edição da Cryptorave.

A contribuição de vocês é fundamental para o evento acontecer. A Cryptorave é 100% feita com ajuda voluntária, financiada através de apoio coletivo e é gratuita para a participação de tod@s.

Esse ano de 2017 o evento acontecerá dias 5 e 6 de maio \o/ prepare-se!

Na ultima edição seu apoio foi muito importante e por isso precisamos mais uma vez da sua colaboração! (acho legal ja colocar o link aqui)

Pela criptografia forte e contra a censura na internet, mais uma vez nos reuniremos para debater questões fundamentais sobre privacidade e liberdade na rede e para difundir os conceitos e ferramentas de segurança digital e criptografia.

 

FINANCIAMENTO COLETIVO

Este ano a nossa meta de financiamento é de **R$ 60.000,00**. Todas as colaborações serão revertidas para a realização da CryptoRave. Para colaborar, clique nesse link e veja as nossas recompensas incríveis! https://www.catarse.me/pt/cryptorave2017

Além de apoiar com dinheiro, como você pode ajudar a CryptoRave?

Precisamos do apoio de vocês também na divulgação para além da nossas redes de contato. Divulgue o nosso Chamado para Atividades [https://cpa.cryptorave.org/pt-BR/CR2017/cfp/session/new]. Faça barulho! Esse evento só acontece uma vez por ano ninguém vai querer perder né.

Ajude a divulgar!

Hoje começa também a divulgação da campanha nas redes sociais não-livres, pois é as pessoas ainda usam essas redes!, lol -, temos uma página no Facebook [https://facebook.com/cryptorave] e perfil no Twitter [https://twitter.com/cryptoravebr]. Ajude dando um empurrãozinho nos nossos posts: uma curtida, uma favoritada, compartilhada ou outro sinônimo que as empresas do Vale do Silício encontraram para dizer divulgar-essa-bagaça-pra-galera. Ajude a espalhar sem precisarmos usar os posts patrocinados dessas redes.

Aqui temos as artes da CryptoRave 2017 para dar uma força na diulgação https://we.riseup.net/cryptorave/media-cryptorave-2017+394941

VOLUNT@S

Você não é muito de dar palestra e oficina, mas quer ajudar no dia do evento?

Venha fazer parte do time de voluntári@s da CryptoRave! Ainda estamos planejando um jeito organizado de trabalharmos juntos. No próximo informe te contaremos como

Abraços de Actantes, Escola de Ativismo, Encripta Tudo, Intervozes e Saravá

Com este encontro buscamos realizar um debate sobre mídia alternativa nos dias atuais e trocar ideias sobre autonomia e liberdades com o crescimento do uso do Facebook no meio ativista.

Também queremos compartilhar algumas experiências de mídia alternativa e suas ligações com as lutas sociais da cidade de Florianópolis.

Mediador: Coletivo Mariscotron

Local: Tarrafa Hacker Clube. Arquitetura – UFSC.

Data e hora: 17/08/16 às 13:30. Duração de 2 horas e meia.

Esta atividade faz parte do ENEDS 2016. Entrada gratuita.

comunicacaosegura-eneds

 

O coletivo Mariscotron irá realizar no dia 17/08 uma oficina de comunicação segura. Tópicos: Cultura de segurança, vigilância generalizada, níveis de segurança, paranoia x comunicação, softwares.

Local: Tarrafa Hacker Clube. Arquitetura – UFSC.

Data e hora: 17/08/16 às 16:00. Duração de 2 horas.

Esta atividade faz parte do ENEDS 2016. Entrada gratuita.

comunicacaosegura-eneds

Devido ao pedido de desocupação emitido pela superintendência do IPHAN para a Ocupa MinC SC, o prédio teve que ser desocupado.

Entretanto conseguimos outro local para a exibição do filme. Vai ser no Instituto Arco Íris, que fica no centro na Travessa Ratclif.

Somos solidários ao pessoal do Ocupa Minc SC, que durante mais de 30 dias realizaram e serviram de ponto de encontro das mais diversas atividades culturais e de resistência da cidade. O manifesto de saída da ocupação pode ser lido aqui.

freenetocupaminc

O CineHack, cineclube focado nos temas de tecnologia, segurança e comunicação digital e também nerdices em geral, dá sequencia com às exibições públicas do filme “Freenet?”.

Após a exibição do filme faremos um debate com tod@s sobre liberdades e
vigilância na internet.

Quando: sexta, dia 08/07, às 19:00
Onde: Instituto Arco Íris, no centro de Florianópolis, na travessa Ratclif.

Sobre o filme:

Freenet? é um documentário colaborativo sobre o futuro da liberdade na
Internet no mundo.

Busca trazer algumas questões, tais como: Quem governa a rede? Com quais
interesses? Será que somos todos livres para acessar conteúdos? Ou ter
privacidade? Que direitos humanos são afetados quando se ataca a
liberdade da rede? Quem garante o direito de todos os cidadãos a uma
conexão rápida e de baixo custo?

O documentário é uma realização de quatro entidades brasileiras
comprometidas com o debate de liberdade e defesa de direitos na rede.
Foi produzido com licença em Creative Commons, permitindo que outros
distribuam, remixem, adaptem e criem a partir do seu trabalho. Está
disponível para assistir livremente na web.

Está disponível para assistir em: https://vimeo.com/161511483

freenetocupaminc

O CineHack, cineclube focado nos temas de tecnologia, segurança e comunicação digital e também nerdices em geral, dá sequencia com às exibições públicas do filme “Freenet?”.

Após a exibição do filme faremos um debate com tod@s sobre liberdades e
vigilância na internet.

Quando: sexta, dia 08/07, às 19:30
Onde: OcupaMinc SC, no centro de Florianópolis, ao lado do Mercado Público.

Sobre o filme:

Freenet? é um documentário colaborativo sobre o futuro da liberdade na
Internet no mundo.

Busca trazer algumas questões, tais como: Quem governa a rede? Com quais
interesses? Será que somos todos livres para acessar conteúdos? Ou ter
privacidade? Que direitos humanos são afetados quando se ataca a
liberdade da rede? Quem garante o direito de todos os cidadãos a uma
conexão rápida e de baixo custo?

O documentário é uma realização de quatro entidades brasileiras
comprometidas com o debate de liberdade e defesa de direitos na rede.
Foi produzido com licença em Creative Commons, permitindo que outros
distribuam, remixem, adaptem e criem a partir do seu trabalho. Está
disponível para assistir livremente na web.

Está disponível para assistir em: https://vimeo.com/161511483